ENERGY
energia-inovadora-2024-rede-brasil-inovador-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-absolar-energy-summit-global-rio
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-universo-totvs-sp-2
energia-inovadora-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-hub-startup-absolar-gas-ibpg-rio-emtech-energy-mit
energia-inovadora-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-hub-startup-eolica-brazil-windpower-bwp-informa

Diálogo da Transição Energética Justa no RS no dia 18.04.24 em Porto Alegre

Diálogo da Transição Energética Justa no RS no dia 18.04.24 em Porto Alegre

O Brasil firmou um compromisso internacional para neutralizar as emissões de gases de efeito estufa até 2050.

Uma meta que transformará modelos econômicos de geração de energia, mineração, atividades agrícolas e industriais. Para o Rio Grande do Sul, detentor de 89% das reservas de carvão do Brasil e de um parque termelétrico de 695 MW na região de Candiota, a nova realidade é um grande desafio. Em novembro de 2023, o governo gaúcho lançou um edital visando a contratação de serviços de assessoria técnica para a elaboração do Programa de Transição Energética Justa, que deve ter como base a evolução tecnológica da indústria carbonífera e a viabilidade ambiental, econômica e social.

Para debater o assunto, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS/COMIN) e a Associação Brasileira do Carbono Sustentável (ABCS) realizam em Porto Alegre o 1º Diálogo da Transição Energética Justa no Rio Grande do Sul e do aproveitamento do Patrimônio Mineral Gaúcho. O encontro será no dia 18 de abril, no Instituto Caldeira (Tv. São José, 455, bairro Navegantes) e reunirá autoridades, executivos, técnicos e outros representantes do setor, especialistas, pesquisadores e imprensa.

A abertura do evento contará com a presença do Governador do Estado em exercício Gabriel Souza. Na oportunidade a Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina e o Instituto Caldeira assinarão um convênio de cooperação para impulsionar o empreendedorismo. A partir da criação de uma rede de ecossistemas, será possível promover o desenvolvimento de novos negócios nas regiões mineiras, com foco em programas e ações voltados para uma transição energética justa e inclusiva.

O primeiro painel irá propor um diálogo sobre o como deve ser o processo de mudança do modelo econômico para um mundo de baixo carbono, com segurança energética e alimentar, preservando a economia e os empregos das regiões carboníferas e alavancando a indústria mineral no Rio Grande do Sul. O debate será com o presidente do IBRAM, Raul Jungmann, o presidente da ABCS, Fernando Luiz Zancan, e tem como convidado o Coordenador-Geral de Mudanças Climáticas e Agropecuária Conservacionista do Ministério da Agricultura, Adriano Santhiago de Oliveira.

Para a segunda metade do evento, que terá como tema Minerais Estratégicos e Tecnologias de Baixo Carbono, está confirmada a presença do deputado federal José Carlos Aleluia. O parlamentar tem uma trajetória de mais de 40 anos no setor energético, foi o relator da Lei de Crimes Ambientais e o autor da emenda que criou o Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa).

Também participarão da mesa a pesquisadora em Geociências do Serviço Geológico do Brasil, Lucy Takehara Chemale, e o secretário adjunto do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul, Marcelo Camardelli. Em pauta, estará a sustentabilidade mineral para a transição energética e a garantia da segurança alimentar via produção de fertilizantes.

Ao final de cada painel, os jornalistas poderão integrar o debate e o microfone ficará aberto para perguntas e contribuições.

O evento:

O que: 1º Diálogo da Transição Energética Justa no Rio Grande do Sul

Quando: 18 de abril, das 9h às 13h.

Onde: Instituto Caldeira,
Porto Alegre, RS.

Programação:

8h: Credenciamento

9h: Cerimônia de Abertura

09h30: Painel 1: Transição Energética Justa

10h30: Debate com os jornalistas

11h15: Painel 2: Minerais Estratégicos e as Tecnologias de Baixo Carbono

12h15: Debate com os jornalistas