rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
energia-inovadora-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-hub-startup-eolica-brazil-windpower-bwp-informa

H2V Armazenamento no dia 03.04.24 em São Paulo

H2V Armazenamento no dia 03.04.24 em São Paulo

H2V Armazenamento no dia 03.04.24 em São Paulo
https://h2vearmazenamento.org.br/


O que é H2V e qual sua importância?
De acordo com a McKinsey & Company (2021), o Hidrogênio Verde (H2V) tem o potencial de representar de 12% a 22% de toda a demanda de energia no mundo! A eletricidade gerada pelas usinas fotovoltaicas alimenta os eletrolisadores, que permitem a produção de hidrogênio por meio de um processo químico que separa as moléculas da água em hidrogênio e oxigênio. Com este processo químico, o H2V é produzido sem a emissão de CO2! Pelo seu grande potencial em energia solar, o Brasil pode se tornar uma liderança na produção do H2V, com competividade de preços e capacidade produtiva em larga escala, segundo a BloombergNEF (2021).

E o armazenamento?
Já o armazenamento de energia é fundamental para trazer segurança energética e autonomia, isso sem falar do desenvolvimento em áreas remotas, tornando-as menos dependentes de combustíveis fósseis, reduzindo os custos e impactos ambientais. De acordo com relatório divulgado pela BloombergNEF (BNEF), o Brasil atingirá 11 GW instalados de armazenamento distribuído até 2050!


Temática:
Você precisa incluir esta dobradinha sustentável e aliada da fonte solar fotovoltaica no seu portfólio de negócios – Hidrogênio Verde (H2V) e Armazenamento de Energia Elétrica!

Fique por dentro das duas principais tendências que vão influenciar o setor produtivo e potencializar o crescimento das energias renováveis no País.

As tecnologias de hidrogênio verde podem movimentar até R$ 1 trilhão em novos investimentos nos próximos 15 anos no Brasil. Por isso, sua empresa precisa de informação e relacionamento de alta qualidade, para aproveitar ao máximo esta oportunidade.

Descubra, ainda, como o armazenamento de energia elétrica pode garantir mais segurança e autonomia para seu negócio e ajudar a aumentar a participação das fontes renováveis em soluções energéticas de pequeno, médio e grande portes.

Venha conosco, posicionar a sua indústria na vanguarda da sustentabilidade!


PROGRAMAÇÃO

8h às 8h30
Credenciamento

8h30 às 9h30
Boas-vindas e mensagens de abertura com as participações de:

Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR
Ronaldo Koloszuk, Presidente da ABSOLAR
Palestrante: Camila Ramos, Vice-Presidente da ABSOLAR
Apresentação: Panorama para H2V no Brasil
Palestrante: Ricardo Barros, Vice-Presidente da ABSOLAR
Apresentação: Panorama para armazenamento no Brasil

9h30 às 11h
Sessão 1: Ambiente regulatório para uso dos sistemas de armazenamento no Brasil – o que falta para a tecnologia deslanchar? Nessa mesa redonda, confira a visão regulatória, como está o mercado de armazenamento e seus últimos desenvolvimentos, leilões de reserva de capacidade e a experiência de BESS no sistema na ótica do operador.

Moderadora: Mariana Galhardo, Vice-coordenadora do Grupo de Trabalho de Armazenamento da ABSOLAR
Apresentação: Visão regulatória sobre a CP 39
Palestrante: Marcio Takata, Diretor da Greener
Apresentação: Utilização da solar com baterias e benefícios aos consumidores

Palestrante: Ronald Upmann, Chairman da German Solar Association (BSW)
Apresentação: Armazenamento de energia na Alemanha

Palestrante: Ricardo Tili, Diretor da Aneel

Palestrante: Marcelo Prais, Diretor de TI, Relacionamento com Agentes e Assuntos Regulatórios do ONS
Apresentação: Experiência de BESS no sistema pela ótica do operador

11h às 11h30
Coffee break

11h30 às 12h40
Sessão 2: Armazenamento, o coringa das fontes renováveis, como provedor de qualidade e segurança, tanto da indústria e comércio quanto da operação do sistema
Nesse painel, confira os usos do sistema de armazenamento, inserção de BESS na rede básica como ativo de transmissão, a implantação do sistema e contratos de energia.

Moderador: Ricardo Estefano, Coordenador do Grupo de Trabalho de Armazenamento da ABSOLAR
Apresentação: Usos do sistema de armazenamento
Palestrante: Filipe Kaee, Senior Regulatory Engineer da Quantum
Apresentação: Inserção de BESS na rede básica como ativo de transmissão

Palestrante: Renato Ribeiro, Coordenador de Planejamento da Expansão e Estudos na ISA CTEEP
Apresentação: Implantação do sistema de armazenamento , um caso prático

Palestrante: Filipe Costa, Solar Business Coordinator da Livoltek
Apresentação: Estudos de caso e exemplos práticos – armazenamento de energia em diferentes partes do mundo

12h40 às 14h
Intervalo para almoço

14h às 15h40
Sessão 3: Marco legal e o futuro do H2V como vetor de descarbonização para o Brasil
Nessa mesa redonda, confira os projetos de lei pra H2V em tramitação, perspectivas para regulação, o mercado de h2v na China e o potencial brasileiro para descarbonização.

Moderadora: Marília Rabassa, Coordenadora do Grupo de Trabalho de Hidrogênio Verde da ABSOLAR
Apresentação: Projetos de leis para H2V em tramitação

15h40 às 16h
Coffee break

16h às 17h30
Sessão 4: Projetos em desenvolvimento e aplicações do H2V que podem tornar o Brasil uma referência mundial
Nesse painel, conheça como viabilizar projetos, como as sobras de energia podem se transformar em hidrogênio de baixo carbono e o papel da engenharia no desenvolvimento de projetos competitivos entre outros.

Moderador: Eduardo Tobias, Vice-coordenador do Grupo de Trabalho de Hidrogênio Verde da ABSOLAR
Apresentação: Contextualização de viabilização de projetos
Palestrante: Donato Filho, Diretor Geral da Volt Robotics
Apresentação: Transformando sobras de energia em hidrogênio de baixo carbono

Palestrante: Felipe Molina, Gerente de Engenharia – Área de Hidrogênio, Biogás e Gás Natural, da Araxá Engenharia
Apresentação: Estudo de caso – produção descentralizada de amônia a partir do hidrogênio verde

17h30 às 18h
Encerramento e balanço do dia