rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
energia-inovadora-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-hub-startup-eolica-brazil-windpower-bwp-informa

ONS seleciona startups para o novo ciclo do InovAberta

ONS seleciona startups para o novo ciclo do InovAberta

ONS seleciona startups para o novo ciclo do InovAberta

O objetivo é estabelecer um ecossistema de inovação que forneça suporte contínuo ao desenvolvimento tecnológico do Operador

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) selecionou as startups que avançaram no InovAberta, programa de inovação que visa conectar startups com maior potencial para solucionar os desafios do Operador para questões do setor elétrico brasileiro. As startups BBChain e Sinapsis foram selecionadas e se aprofundarão para o desenvolvimento de três provas de conceito. Dois dos desafios do InovAberta terão suas provas de conceito desenvolvidas internamente pela Comunidade de Dados e IA do ONS.

Ao todo, 16 startups participaram do Pitch Day (dia de apresentações) e foram avaliadas em cinco desafios distintos: estimar manutenção no prospectivo; modelos matemáticos “descasados” com a realidade; diagramas unifilares elétricos; liquidação simplificada e o impacto de carros elétricos. Uma banca composta por lideranças de diferentes áreas do Operador ficou responsável por avaliar as propostas apresentadas.

As equipes selecionadas iniciaram as agendas do programa, em junho, nas quais se aprofundarão na metodologia da Liga, empresa parceira do ONS no desenvolvimento das provas de conceito. Os desenvolvimentos ocorrem ao longo de 2024.

Sobre o ONS:

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) é responsável pela coordenação e pelo controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN), além do planejamento da operação dos sistemas isolados do país. Sob o comando do ONS estão 161 hidrelétricas em 22 bacias hidrográficas, de múltiplos proprietários, que deverão totalizar quase 110GW no SIN até 2027. Atualmente, a matriz elétrica brasileira é considerada um exemplo mundial de sustentabilidade, visto que cerca de 88% da energia elétrica produzida vem de fontes renováveis. O Operador mantém equipes atuando durante sete dias por semana, 24 horas por dia, em salas de controle localizadas no Rio de Janeiro, Brasília, Recife e Florianópolis.