rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
energia-inovadora-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-hub-startup-eolica-brazil-windpower-bwp-informa

Pan American Energy inaugura Complexo Eólico Novo Horizonte na Bahia

Pan American Energy inaugura Complexo Eólico Novo Horizonte na Bahia

Pan American Energy inaugura Complexo Eólico Novo Horizonte na Bahia

Situado no interior do estado, o empreendimento é o maior entre os construídos pela companhia, reunindo 10 parques eólicos e uma subestação própria de energia elétrica, com investimentos da ordem de R$ 3 bilhões.

Evento contou com a participação de autoridades do governo federal, estadual e municipal.

A Pan American Energy inaugura, nesta quarta-feira (dia 3), o Complexo Eólico Novo Horizonte, o primeiro empreendimento da empresa no Brasil que reúne 10 parques eólicos com investimento de R$ 3 bilhões. Localizado na Bahia, o Complexo Eólico Novo Horizonte é o maior da empresa no mundo, ocupa uma área de 2,7 mil hectares e abrange seis municípios, com um total de 94 aerogeradores distribuídos em 10 parques, o suficiente para abastecer até um milhão de residências no país. A cerimônia de inauguração contou com a participação do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira; do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues; do CEO do Grupo PAE, Marcos Bulgheroni e do diretor geral da PAE Brasil, Alejandro Catalano, além de mais de 100 convidados.

De acordo com o CEO do Grupo PAE, Marcos Bulgheroni, a empresa “busca ser protagonista do processo de transição energética na região e o lançamento deste complexo eólico significa um passo concreto nessa direção. Da mesma forma, na Argentina continuaremos a crescer na produção de gás natural, um combustível que pode desempenhar um papel fundamental no desenvolvimento económico da região e, por sua vez, também pode acompanhar as diferentes economias do mundo nos seus processos de descarbonização devido às suas baixas emissões de gases com efeito de estufa”, declarou.

O sistema de transmissão do complexo incluiu a construção de uma nova subestação própria de energia elétrica ao longo de 80 quilômetros de linhas de alta tensão, além da ampliação de uma subestação existente que liga o complexo ao Sistema Interligado Nacional. O Complexo Eólico Novo Horizonte atingirá 2 milhões de megawatts/hora de energia entregue por ano, o equivalente a uma redução anual de mais de 500 mil toneladas de CO2.

Parque solar

Alejandro Catalano, diretor geral da PAE no Brasil, reforça o compromisso de longo prazo da empresa com o Brasil e com as comunidades que cercam as operações, lembrando que a empresa planeja continuar investindo no país, avaliando vários projetos, entre eles, como destaque, a construção de um parque solar, próximo à estrutura do complexo eólico, transformando-o em um grande parque híbrido capaz de atingir um total de 800 megawatts de capacidade instalada. “Conseguimos realizar um grande projeto e queremos ampliá-lo ainda mais, pois, juntos e alinhados aos nossos valores, finalizamos a obra no prazo planejado, cuidando das pessoas e do meio ambiente, sempre seguindo os mais altos padrões de segurança e responsabilidade ambiental. Aproveito a ocasião, para agradecer a todos que nos acompanharam até aqui, principalmente à equipe de colaboradores e aos empreiteiros que trabalharam no Complexo Eólico Novo Horizonte”, afirmou.

Geração de emprego e renda

Durante os 20 meses de trabalho, a Pan American Energy gerou mais de 3.200 empregos, priorizando mão de obra local. Da mesma forma, a empresa implementou 30 programas socioambientais que visam melhorar a qualidade de vida das 52 comunidades próximas ao complexo, beneficiando diretamente mais de 4,7 mil pessoas. Dos R$ 3 bilhões investidos em todo o empreendimento, R$ 1,2 bilhão foram obtidos por meio de empréstimos do BNDES e do Banco do Nordeste, e R$ 1,8 bilhão com recursos próprios.

Para a PAE, os investimentos em energias renováveis estão em consonância com a visão de longo prazo da empresa para a participação proativa e protagonista na transição energética, assim como seus projetos no Brasil. Visando o bem estar e geração de emprego e renda para as comunidades próximas ao complexo eólico, a PAE promoveu cursos técnicos para mais de 200 pessoas. A capacitação é realizada em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e as prefeituras municipais, desde 2023, através do programa PAE Capacita. Divididos em aulas teóricas e práticas, os cursos de qualificação profissional foram definidos a partir de demandas apontadas pelas comunidades, vislumbrando oportunidades em empresas públicas, privadas e de empreendedorismo.

Complexo Eólico Novo Horizonte em números

Início da construção: maio 2022

Investimento: R$ 3 bilhões

Capacidade total instalada: 423 MW com uma produção estimada >2.000.000 MWh/ano

94 Turbinas eólicas

Nova subestação elevadora

80 km de linha dedicada à subestação existente de 500 kV

240 km de Linhas de Transmissão

+ 3.200 empregos diretos e indiretos

6 Municípios: Novo Horizonte, Boninal, Ibitiara, Piatá, Oliveira dos Brejinhos e Brotas de Macaúbas

52 Comunidades

+ 4,7 mil pessoas impactadas pelos programas socioambientais

Sobre a Pan American Energy

Com mais de 70 anos de experiência no setor, a Pan American Energy (PAE) é uma empresa líder em energia na região, com presença em seis países: Argentina, Brasil, México, Bolívia, Uruguai e Paraguai. A empresa participa nos setores upstream, midstream e downstream e na geração de eletricidade a partir de fontes renováveis e tradicionais. Na América do Sul, a PAE atinge uma produção de 250 mil barris de óleo equivalente/dia (MBOED), mantém um investimento médio anual que ultrapassa 1,5 bilhão de dólares nos últimos anos e emprega mais de 21 mil pessoas direta e indiretamente.

Na Argentina, a PAE é o principal produtor privado, empregador, investidor e exportador no setor energético. No upstream, é a maior produtora de hidrocarbonetos convencionais e, adicionalmente, mantém atividade e investimento sustentados em Vaca Muerta, a segunda maior reserva mundial de gás de xisto e a quarta maior reserva de óleo de xisto, sendo um dos principais operadores nesta formação. No setor downstream, a PAE opera a refinaria Campana, uma das mais modernas da América do Sul, após um investimento de mais de 1,5 bilhão de dólares. A empresa possui uma rede de 600 postos de abastecimento da marca Axion Energy.

A PAE participa do mercado de energias renováveis desde 2018. Possui três parques eólicos na Patagônia, Argentina, com capacidade instalada total de quase 200 megawatts. Além disso, participa da cadeia de produção do lítio com áreas de exploração e projetos no noroeste da Argentina.